Especial Porto Alegre 250 anos – Conscientização ecológica na cidade

Especial Porto Alegre 250 anos – Arquitetura, Urbanismo e História
24 de março de 2022
Especial Porto Alegre 250 anos – Unidades de Conservação Municipais
28 de março de 2022
Show all

Especial Porto Alegre 250 anos – Conscientização ecológica na cidade

Você sabia que existe um ranking para as cidades mais ecológicas do mundo?
Características que vão desde a oferta de ciclovias e mercados de produtos orgânicos ao monitoramento da qualidade do ar, os esforços ecológicos de uma cidade beneficiam seus moradores e ajudam o planeta (BBC News, 2015).
O Siemens Green City Index, um projeto de análises da Economist Intelligence Unit, da Grã-Bretanha, organiza um ranking de cidades mais ‘verdes’ do mundo, atribuindo pontos nos quesitos de emissões de gases poluentes, alternativas de transporte, gerenciamento de recursos hídricos e do lixo, e políticas ambientais (BBC News, 2015).
A metodologia para o estudo abrange emissões de CO2, energia, edifícios, uso do solo, transporte, água e saneamento básico, gestão de resíduos, qualidade do ar e governança ambiental. Cerca de metade dos indicadores em cada Índice são quantitativos – geralmente dados de fontes públicas oficiais, por exemplo, emissões de CO2 por capita, consumo de água per capita, taxas de reciclagem e poluentes atmosféricos concentrações. O restante são avaliações qualitativas da cidade como políticas ambientais – por exemplo, o compromisso da cidade em obter mais energia renovável, políticas de redução de congestionamento de tráfego e códigos de qualidade. Medindo indicadores quantitativos e qualitativos juntos significa que os Índices são baseados no desempenho ambiental atual bem como as intenções da cidade de se tornar mais verde (The Green City Index).
Dentre as 120 cidades de todo o mundo analisadas, a cidade de Porto Alegre foi classifica como “dentro da média” no estudo citado. Onde um dos aspectos em destaque ressaltado no estudo foi o programa de “orçamento participativo”, no qual os moradores da cidade e delegados se reúnem anualmente para votar em uma ampla gama de gastos municipais, inclusive para áreas ambientais como transporte e saneamento. (The Green City Index).
Em escala pessoal, pequenos atos também são considerados como conscientização, pois o início do ciclo começa com cada um. Separação do lixo, andar de bicicleta ao invés de carro, economizar água e frequentar feiras ecológicas são atitudes de extrema importância e que podemos ir substituindo na nossa rotina. A cidade de Porto Alegre conta com inúmeros locais e incentivos para obter uma maior consciência ecológica. Ciclovias, feiras de produtos vendidos diretamente por produtores locais, inúmeros parques com vasta vegetação.

Fonte

Feira Ecológica do Bom Fim, POA.

 

Nós da New Engenharia contribuímos com o assunto elaborando projetos de engenharia sempre com a visão sustentável, indicando equipamentos, materiais e estruturas que realizam menor consumo de recursos naturais, além de visar sempre o reaproveitamento.
Também realizamos palestras sobre educação ambiental nos projetos executados. Assuntos como a importância da separação correta de resíduos, aspectos e impactos ambientais das obras, importância da obra realizada para a comunidade; manejo de fauna silvestre; cuidados com árvores protegidas são alguns dos itens abordados pela equipe.

 

Palestra sobre educação ambiental realizada pela equipe da New Engenharia.

 

Luana Redivo
Luana Redivo
Engenheira agrônoma | formada em agronomia pela UFRGS | Mestranda no PPG Zootecnia da UFRGS (em andamento)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *